Skip to main content

Anatomia Patológica processa cerca de 26 mil exames por ano

24 novembro 2023

 

O Secretário Regional de Saúde e da Proteção Civil, Pedro Ramos, o Presidente do Conselho de Administração do SESARAM, Herberto Jesus, e os responsáveis da direção clínica e da direção de enfermagem, Júlio Nóbrega e José Manuel Ornelas, respetivamente, visitaram hoje, dia 24 de novembro, o Serviço de Anatomia Patológica, no Hospital Dr. Nélio Mendonça. 

Com 25 profissionais, dos quais cinco médicos, este serviço, que atua ao nível do diagnóstico e terapêutica, é responsável, de acordo com a diretora, Michelle Cordeiro, por uma média de 26 mil exames por ano, cerca de metade dos quais relacionados com a patologia oncológica, salientando que, até novembro deste ano, já foram realizados mais 3.500 exames, comparativamente ao mesmo período de 2022. 

“Fazemos o diagnóstico das doenças, quer sejam doenças benignas, quer sejam doenças oncológicas”, explica, referindo que esse diagnóstico é feito a partir da análise de amostras biológicas que podem ser peças cirúrgicas ou biópsias, algumas delas com poucos milímetros. 

Michelle Cordeiro realça que, após o processamento histológico, o anatomopatologista faz a sua interpretação morfológica dos achados e o relatório anatomopatológico, com a indicação do tipo de doença, de modo que possa ser tratada pelos clínicos. 

A Diretora do Serviço de Anatomia Patológica sublinha que este meio de diagnóstico é particularmente importante “nas doenças oncológicas, no estadiamento, no prognóstico da doença e no preditivo terapêutico”, ou seja, na forma como o doente será tratado. 

Toda essa informação, ressalva, sai do relatório anatomopatológico. “É um processo complexo, que tem muita subjetividade, é muito manual e também é uma coisa morosa”, disse, sublinhando que, mesmo com esse trabalho minucioso, é possível dar uma resposta num tempo média de três dias. 

Michelle Cordeiro acrescenta que a anatomia patológica é um serviço transversal às várias especialidades, tendo um carácter basilar nos cuidados hospitalares e nos cuidados primários de saúde. 

“A imagiologia vê, tira as imagens, faz uma hipótese, mas a última palavra é nossa, quando vemos os tecidos e olhamos para as células”, afirma, reforçando que é ali que é feito o “diagnóstico definitivo quando há uma suspeita imagiológica ou clínica”.


Serviço de Saúde da RAM, EPERAM © 2023. Todos os direitos reservados

Linhas de Emergência

SOS - 112

Serviço de Protecção Civil - 291 700 112
Cruz Vermelha - 291 741 115
SANAS - 291 230 112

  • Informação da Urgência - 808 201 414
  • Linha SOS Adolescente - 800 204 125
  • Sexualidade em Linha 808 222 003
  • Linha Vida – SOS Droga -1414
  • Linha do Medicamento - 800 222 444
  • Linha Verde de Medicamentos e Gravidez - 800 202 844
  • Linha SIDA - 800 266 666

Como atuar

Eventos

Contactos Úteis

  • Hospital Dr. Nélio Mendonça: 291 705 600
  • Hospital dos Marmeleiros: 291 705 730
  • Hospital Dr. João de Almada: 291 780 300
  • Farmácia Hospitalar: 
    291 705 613, das 08h30 às 18h00, de 2ª a 6ª
  • Linha de Apoio ao Cidadão: 
    291 705 763 | 961 186 549

    das 9h00 às 17h - de 2ª a 6ª
    das 10h às 13h - Sábado e Tolerância
    balcaocidadao@sesaram.pt
  • Linha de Apoio à Grávida: gravida@sesaram.pt
  • Linha Criança:
    969 319 732, todos os dias - 24 horas
  • Linha Idoso: apoio médico -
    969 320 822, das 09h às 21h | idoso@sesaram.pt
  • Gabinete de Apoio à Família: 
    291705608, das 8h às 24h, todos os dias